• Home
  • Gestão
  • 6 dicas para evitar os furtos no seu negócio

6 dicas para evitar os furtos no seu negócio

6 dicas para evitar os furtos no seu negócio

Os furtos são umas das grandes preocupações que os varejistas têm diariamente, afinal podem significar uma perda de 1,8% do total do faturamento anual da empresa. Os supermercados, por exemplo, chegam a ter 60% das perdas anuais de produtos causados pelos roubos, afirma o superintendente da Associação Mineira de Supermercados (Amis), Adilson Rodrigues em entrevista ao Correio de Uberlândia. Por isso evitar os furtos é uma necessidade emergencial para todos os varejistas.

O que mais surpreende é a criatividade que os furtantes têm na hora de realizar o crime e burlar a segurança dos estabelecimentos, tornando necessário uma  fiscalização intensa e investimentos em sistemas e ações para inibir a prática dos furtos. A maior parte deles acontecem em datas comemorativas e horários de maior movimento dos estabelecimentos. Quando as lojas estão cheias de clientes e a atenção dos funcionários está voltada ao atendimento é que os ladrões se sentem mais confortáveis para agir e as chances de burlar a segurança aumentam.

Pensando nisso resolvemos trazer algumas dicas valiosas para te ajudar a entender melhor como os furtos acontecem e desta forma impedir que eles se repitam, trazendo prejuízos para sua empresa.

Formas de evitar os furtos:

1- Pense como o furtante

Tente analisar o comportamento do furtante ou usar situações vividas no passado para se prevenir. Olhe seu estabelecimento com um olhar crítico e verifique que locais estão mais suscetíveis ao furto, como posicionamento da mercadoria, cantos cegos de difícil acesso ou monitoramento, etc. Analise sua equipe também, faça testes de atenção e certifique-se de que estão alinhados na prevenção dos furtos, assim como você.

2- Funcionários prevenidos

A prevenção é sempre a melhor forma de evitar os furtos, isso é indiscutível. Ter uma equipe integrada e que está constantemente atenta ao movimento da loja cria um ambiente desfavorável para furtos. O ladrão precisa de oportunidades, ou seja, momentos de distração e descuido para que o roubo aconteça. Então é justamente isso que você precisa evitar, orientando seus empregados a estarem sempre atentos e trabalhando para prevenir esse tipo de situação.

3- Produtos com alarmes

Os sistemas de alarme atualmente estão muito avançados. Já foi o tempo em que era necessário ter aquele “trambolho” preso ao produto por grampos ou taxas. Hoje são facilmente fixados aos produtos de uma maneira discreta. Inclusive muitas vezes podem vir impressos na embalagem ou integrados as etiquetas, por exemplo. O sistema é simples, ele possui um circuito que interage com as ondas eletromagnéticas e dispara o alarme dos totens que normalmente estão instalados nas portas de saída do estabelecimento. Esse tipo de tecnologia ainda é uma das formas mais eficientes para inibir os furtos, uma vez que o produto não está desprotegido e oferece certa dificuldade à pessoa mal intencionada.

4- Controle os provadores

Essa dica se aplica a estabelecimento que comercializa produtos que necessitem serem provados como roupas, calçados e acessórios. Nas lojas de auto-atendimento o controle pode acontecer através de contagem das peças na entrada e conferência na saída. Em caso de lojas menores o controle deve ser feito pelo próprio funcionário que está prestando o atendimento. É importante que ele esteja atento a quantidade de produtos que o cliente levou para o provador. E fazer a conferência assim que ele devolver as peças. Caso exista qualquer suspeita do funcionário é necessário informar a gerência para que as atitudes cabíveis sejam tomadas. Mesmo com provas concretas do furto em hipótese alguma o cliente pode ser constrangido. Pois isso pode gerar complicações legais para a empresa. Para evitar dores de cabeça seja educado e tenha uma abordagem amigável na hora de resolver problemas desse caráter.

5- Sistema de segurança

Que as câmeras e sistemas de alarme anti invasão são eficientes nós já sabemos. Quantas vezes você já viu aquelas plaquinhas de “Sorria, você está sendo filmado”? Mas os sistemas de monitoramento não são importantes só para intimidar o ladrão e mostrar que suas ações estão sendo vigiadas. Na verdade o principal ponto nesse caso é documentar tudo que acontece dentro do seu estabelecimento. Acusar alguém de furto é muito grave, então ter como provar o acontecido é muito importante para evitar complicações legais. É aí que entram os videos de segurança gravados: eles são sua garantia de que a acusação não é falsa.

6- Seguranças

Os seguranças são especialmente necessários se você possui uma loja com espaço físico muito grande ou comercializa produtos de alto valor como joias e eletrônicos. Pode parecer antiquado, mas esses profissionais são responsáveis por criar uma atmosfera segura no ambiente simplesmente por estarem presentes. A imagem do homem vestido de terno e gravata te observando dificulta muito a ação dos ladrões. Mas é importante que sejam profissionais qualificados para agir em situações de risco e que possam identificar comportamentos suspeitos.

Nenhum varejista quer ter prejuízo com mercadorias furtadas ou passar por situações desconfortáveis ao ter que lidar com os roubos. Com essas dicas ficou mais fácil prever comportamentos suspeitos, áreas vulneráveis e a importância de investir em segurança para o estabelecimento. A prevenção é sempre a melhor saída! Então mantenha-se atualizado e em constante aprendizado para que essa prática seja cada vez menos frequente e seu estabelecimento seja uma área livre de furtos.

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS