Como vender para um público mais velho?

Como vender para um público mais velho?

Você sabia que hoje no Brasil as pessoas acima de 60 anos correspondem a 20% do consumo total do país? Segundo o Estadão, a previsão é de que perto de 2040, 1 a cada 3 reais gastos no País vai sair do bolso do público mais velho.

Que você precisa estar na internet para atrair o público jovem não é novidade. Mas e para conquistar essa parte mais velha da população? O que fazer? Primeiro você precisa entender os seus desejos, necessidades reais, como e o que pensam.

Deixe de lado os preconceitos

O conceito de ‘’velho’’ não é o mesmo para todos os lugares do mundo. Em alguns países, aos 55 anos você já é um idoso. Enquanto outros, a ‘’melhor idade’’ só chega após os 70. Independente da idade, alguns conceitos como ‘’idoso não compra online’’ ou ‘’pessoas mais velhas não gastam mais com alguns produtos’’, estão completamente errados.

Durante a vida vamos ficando cada vez mais exigentes com o que compramos. Segundo uma pesquisa divulgada pela Tetra Pak, 88% dos idosos compram um produto pela sua qualidade. E exatamente por serem mais exigentes, que acabam não querendo mais pegar filhas e enfrentar lojas cheias sem necessidade. Assim, mais de 70% dessas pessoas fazem compras online.

Sobre os idosos ‘’deixarem de comprar’’ alguns produtos, essa pode ser uma afirmação equivocada. Para as mulheres por exemplo, produtos de beleza acabam sendo mais consumidos após os 50 anos, pela preocupação em manter
uma boa aparência. Em uma visão geral, as pessoas mais velhas compram mais e produtos de diferentes categorias.

Não pense também que idosos não saem de casa. A velha imagem de uma avó que fica o dia inteiro em casa vendo novela ou cozinhando está aos poucos se acabando. Esse público está sim na rua, passando pela frente do seu estabelecimento!

O que esse público quer?

Pela exigência e diversos outros fatores, os consumidores mais antigos tendem a ter costumes que uma pessoa mais jovem normalmente não teria. Por prezar pela praticidade, essas pessoas tendem a comprar em lojas mais perto de suas casas e normalmente lojas menores, onde vão achar mais fácil o que querem.

Para atingir esse tipo de cliente, você pode fazer algumas mudanças nos seus produtos ou serviços, como:

  • Usar letras maiores nos rótulos de produtos, panfletos, cartões e até mesmo no seu site.
  • Usar uma linguagem que atinja diretamente essas pessoas, sem precisar falar sobre a idade delas ou usar imagens de pessoas idosas.
  • Descomplicar tudo o que puder. Tudo que você conseguir facilitar, seja o peso de um produto ou a forma de pagamento, faça.
  • Procure maneiras de sempre melhorar o seu atendimento, os mais velhos prezam por um atendimento extremamente pessoal e nunca se esquecem de um bom atendimento.

Pessoas acima de 60 anos na maioria das vezes prezam pela tradição e pela família. Por estarem acostumados a algumas coisas a vida inteira, podem acabar não reagindo tão bem a mudanças muito drásticas em relação a produtos e serviços já conhecidos. Isso não quer dizer que você não possa inovar. Faça as mudanças necessárias aos poucos, explique para o consumidor essas mudanças, se faça presente e disponível para ajudar sempre. Essas pessoas são muito leais e tendem a não procurar por outras empresas caso a sua supra as suas necessidades.

Todos envelhecem, é algo que não podemos fugir. A medida que as pessoas envelhecem, começam a pensar mais sobre como envelhecer melhor, de maneira saudável, para viver mais. Vitaminas, suplementos, serviços de comidas saudáveis e até mesmo academias podem atrair esse tipo de público facilmente.

O marketing tradicional ainda funciona para esse público

Os idosos estão sim entrando no mundo virtual como já mostrei anteriormente. Mas diferente dos jovens, que não estão mais acostumados a ver TV ou escutar um programa na rádio, os mais velhos ainda não abandonaram essas mídias tradicionais. Podemos dizer que esse público pode ser atingido pelos dois tipos de marketing, o marketing digital e o marketing tradicional.

Campanhas para televisão? Anúncios em revistas? Rádio? Propaganda de um produto dentro de uma novela ou programa? Sim! A ideia é combinar essas mídias com as novas, que já são conhecidas por eles. Estar em todos os lugares é uma estratégia que precisa de muito planejamento, mas que ainda vale a pena para atingir tanto o público velho quanto o mais jovem.

Sendo claro e simples na sua comunicação, prezando pela praticidade e usabilidade dos seus produtos e tendo um atendimento inesquecivelmente bom antes, durante e após uma compra, você com certeza ganhará a confiança do público mais velho.

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS