• Home
  • Operação
  • Conheça o perfil das famílias durante a crise e saiba como atingir esse público

Conheça o perfil das famílias durante a crise e saiba como atingir esse público

Conheça o perfil das famílias durante a crise e saiba como atingir esse público

Diante da instabilidade econômica e política desde o ano passado, o mercado vem se transformando cada vez mais de acordo com as mudanças das famílias que estão adotando novas ações para racionalizar seu consumo.

O centro de pesquisas Nielsen estudou as Mudanças no Mercado Brasileiro em 2017 analisando os diferentes modelos de famílias e quais seus hábitos para driblar a crise. Confira abaixo quais são esses padrões e como você, lojista, consegue impactar cada um desses grupos.

1 – Famílias abaladas

Essas famílias ficaram mais atentas na hora de consumir, reduzindo seus gastos trocando por marcas mais baratas com produtos que entreguem uma boa relação custo-benefício ou aproveitando somente promoções nas lojas já frequentadas.

Esse grupo significa 28% do mercado brasileiro e é representado por donas de casa, entre 26 a 30 anos, com ensino superior e com criança de 6 a 11 anos.

→ DICA: Focar em itens corretos para alavancar promoções é um importante gatilho para atrair essas famílias ao consumo.

2 – Famílias conscientes

Elas não assumem riscos, vivem com metas conservadoras e evitam compras parceladas, buscando a estabilidade financeira. Na hora do consumo as compras são planejadas antecipadamente para evitar gastos além do planejado.

Essas famílias representam 19% do consumo brasileiro. Simbolizam o perfil de donas de casa, de 56 anos ou mais, com educação primária incompleta, casais sozinhos, aposentados e pensionistas.

→ DICA: Trabalhar com recomendações é essencial para incentivar a experimentação de novos produtos.

Banner Oráculo da Promoção

3 – Famílias promissoras

Tiveram que abrir mão de algumas mordomias para conciliar as despesas com os ganhos. Substituindo o entretenimento fora de casa pelo dentro de casa, com novas experiências com os familiares e amigos. Esperam um futuro melhor, com orgulho do que foi conquistado até então.

Eles são 11% do consumo no Brasil, representados pelas donas de casa, entre 41 a 50 anos, com formação superior e presença de adolescentes de 12 a 17 anos no lar.

→ DICA: O consumo se baseia na conveniência e maior variedade, fazendo adaptações nas experiências para manter o bem-estar.

4 – Famílias administradoras

Essas famílias são as que possuem maior educação financeira e gostam de manter a qualidade de vida conquistada. Alternam os canais de compra para manter o equilíbrio financeiro, gostam de lançamentos e novas tendências.

Elas são 28% do consumo brasileiro, representadas pelas donas de casa, entre 41 a 50 anos, que possuem formação superior, sem a presença de crianças ou adolescentes de até 17 anos.

→ DICA: Eles aumentam seus gastos, mas também buscam melhorar suas rendas para manter o equilíbrio.

É importante lembrar que esses quatro perfis representam os novos hábitos adotados pelos consumidores brasileiros, divididos em grupos pelas características. Mesmo em níveis socioeconômicos iguais, as estratégias para conter os gastos não são iguais.

Busque entender o seu real público, aquele que frequenta seu negócio ou que se encaixaria como um bom cliente para depois desenhar as estratégias da sua aquisição. Essa pesquisa serve como um norte para as suas ações, pensando literalmente no estilo de compra de seus potenciais clientes.

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS