8 técnicas que fazem seu cliente comprar mais

8 técnicas que fazem seu cliente comprar mais

Independente do seu tipo de negócio, o mais importante para evoluir e continuar no mercado, é vender o seu produto ou serviço, certo? E sabemos que para uma venda acontecer, o cliente precisa passar por diversos estímulos. Preparamos algumas técnicas para te ajudar na hora de vender, para vender mais!

Conheça o seu cliente

Essa primeira técnica não pode ser considerado bem uma técnica. É que antes mesmo de pensar em implantar qualquer truque ou dica, você precisa conhecer de verdade o seu cliente. Quando você conhece as necessidades, desejos e hábitos do seu consumidor, você vai conseguir implantar ações que impactam diretamente essas pessoas, sem que elas perceberem.

Segundo a revista Exame, uma rede de varejo dos EUA descobriu após uma pesquisa sobre os seus clientes, que a venda de fraldas estava ligada à venda de cervejas. Pois em geral, os compradores desses dois itens eram homens, que saíam à noite para comprar fraldas e aproveitavam para levar para casa a sua cerveja do final de semana. Em um experimento, os produtos foram postos lado a lado. E o resultado foi exatamente como o esperado, cervejas e fraldas conseguiram vender mais.

Sacolas, carrinhos ou pratos maiores

Essa técnica é bastante comum e amplamente usada pelo varejo. Em lojas de departamento que vendem roupas por exemplo, é extremamente comum que ofereçam uma sacola para colocar as roupas antes de prová-las. Essa sacola é sempre grande e funda. Colocar uma blusa em uma sacola gigante para provar parece pouco, não é? O mesmo funciona em restaurantes a kg e supermercados. Quando o prato é grande, o impulso é colocar comida até ele estar quase cheio. E 5 itens de supermercado parecem muito se estiverem em uma cesta pequena, mas em um carrinho maior, a impressão é de que há poucos elementos.

Usar as cores certas

Sim, a cor da parede do seu estabelecimento ou produto pode te ajudar a vender mais. Um exemplo muito conhecido é o uso de cores que estimulam o apetite em lanchonetes e restaurantes. As cores mais usadas são laranja, amarelo e vermelho. Estas mesmas cores são conhecidas como ‘’cores compulsivas’’, por atraírem consumidores que compram por impulso. Sendo usadas também por lojas de departamento.

Use e abuse do marketing sensorial para vender mais

Anteriormente falamos de cores, que também podem ser consideradas parte de um marketing sensorial, por estimular a visão do consumidor. Porém os outros sentidos são muitas vezes esquecidos. Segundo uma pesquisa feita na Alemanha, um estabelecimento perfumado, com um cheiro característico único, aumenta em até 15% a probabilidade de uma venda. Instigar a audição também é um bom truque, pois uma música agradável para o consumidor o faz passar mais tempo na loja. Aumentando as chances de uma compra e também fazendo com que ele tenha mais vontade de voltar.

Pense no posicionamento do seu caixa

A maioria das pessoas entra em uma loja pensando em comprar apenas um item em especial. Porém você pode posicionar o caixa da sua loja estrategicamente, fazendo com que o consumidor seja obrigado a passar por toda a loja antes de pagar aquele item. Inevitavelmente o consumidor vai olhar outros produtos, tendo mais chances de se interessar por eles e comprá-los. O seu objetivo principal aqui é fazer com que ele passe por diversos setores do seu estabelecimento. Se você achou que isso era novidade, se engana, pois praticamente toda as lojas hoje em dia são projetadas para que você possa passar por produtos que você não estava nem pensando em comprar.

O velho truque do 0,99

‘’Que barato! É menos de 5 reais, é 4,99’’. Atribuir um valor quebrado a um produto é uma tática bem antiga, mas que continua funcionando perfeitamente. A razão é óbvia, prestamos mais atenção aos números antes da vírgula. Assim o consumidor acaba pensando que o gasto é menor, mesmo sendo uma pequena diferença.

Pergunte o nome do cliente

Parece óbvio, mas não é. A base de um bom atendimento é fazer o seu cliente se sentir único. Perguntar o seu nome e chamá-lo pelo nome durante o atendimento é muito importante e faz toda diferença para o seu cliente. Se apresentar, falando o seu nome também personaliza o seu serviço. Lembre-se de que sem um atendimento de qualidade, nenhuma técnica será capaz de fazê-lo vender de forma sustentável. A base de uma compra é o relacionamento do cliente com a marca, estabelecimento, produto e serviço.

Descubra semelhanças com o cliente

É um fato que os seres humanos são mais propensos a comprar de pessoas que gostam e confiam. E é mais comum gostarmos e confiarmos em pessoas que compartilham semelhanças conosco, mesmo que pequenas, como a raça do cachorro da pessoa ser a mesma que a do seu.

Segundo um experimento, em uma campanha para doar dinheiro para uma causa social, quando o solicitante usava um crachá com o mesmo nome que o doador, o mesmo doou cerca de duas vezes mais, em média, do que os outros participantes que não compartilhava o mesmo nome do solicitante.

Mesmo não podendo generalizar e pensando que cada consumidor muda em relação a cada mercado, algumas técnicas conseguem se encaixar em qualquer negócio. Depois de pesquisar e entender o seu público, use essas dicas e venda mais com mais eficiência.

12 COMENTÁRIOS

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS