Use o e-mail marketing a seu favor

Use o e-mail marketing a seu favor

Antigamente, o e-mail marketing era conhecido como uma ferramenta intrusiva que não trazia nenhum valor, apenas propostas de venda para os clientes sem filtros ou conteúdos irrelevantes para o público. Além disso, a compra de “listas de e-mail” era bastante comum, criando uma base de milhares de usuários desinteressados.

Porém nos últimos anos tem se tornado uma ótima estratégia pois, com o avanço das automações e a facilidade de captar dados, é possível enviar as mensagens certas para as pessoas corretas, no horário exato e tendo os melhores resultados.

Conheça e entenda o seu público

O ponto de partida para criar campanhas de e-mail é o seu público. Nada terá resultado se ele não for o perfil ideal para tal, quebrando todas as suas métricas. É preciso saber se estaria disposto a receber e-mails, com qual frequência e os principais conteúdos de seu interesse. Quanto mais você conhecer seu cliente, mais efetivas serão suas campanhas.

Crie e-mails interativos

Segundo dados do site Econsultancy, muitas empresas pretendem inovar criando e-mails com o uso de gatilhos comportamentais, ou seja, uma forma de usar elementos dinâmicos e automação para alcançar uma comunicação direta, um a um.

Um design moderno e responsivo (que se adapta a todo tipo de dispositivo), uso de imagens e GIFs animados, informações confiáveis e reais, são exemplos de gatilhos que, juntamente com uma automação de envios, conseguem trazer bons resultados.

Engaje e venda

Quando uma pessoa permite receber e-mails da sua empresa, ela espera ter uma frequência de contatos por lá. Esse é o melhor momento para investir nesse potencial cliente entregando bons conteúdos e informações relevantes para ele.

Ao nutrir seu público de informações importantes, ele estará se preparando para o momento da compra. Muito provavelmente verá valor no seu negócio e pensará duas vezes na hora de comprar de você ou do seu concorrente. É interessante deixar visível uma forma dele entrar em contato, como um “pedido de demonstração” ou “saiba onde comprar”, para que ele consiga mais informações quando estiver disposto a comprar.

Como começar

Se você já definiu suas estratégias, conhece muito bem o seu público e o que ele gostaria de receber, existem diversas ferramentas, gratuitas e pagas, para gerenciar os envios de e-mail e criar o processo de nutrição. A ferramenta mais simples e prática é o Mailchimp, além de ter planos gratuitos para te ajudar a começar. Outra ferramenta interessante é o HubSpot, que integra muitas funcionalidades no mesmo lugar, e é um serviço pago.

Estude, entenda e saiba exatamente como seria o melhor processo para o seu negócio decolar com o envio de e-mail marketing para a sua base. Não pense em enviar e-mails, pense em entregar valor aos seus clientes de forma inteligente.

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS